Buscar
  • Douglas Martin

Quem somos nós e porque criar a Unbelievable?

Atualizado: 27 de Nov de 2019

Post retirado do Blog da Unbelievable. 4 de fev de 2018, 07:17.


Olá a todos! Como estreia do blog, eu decidi que o primeiro tema tem que começar do começo, por isso vou explorar essa parte já de cara.


Quem somos? Quem compõe a Unbelievable? E porque criá-la? 


Eu (Douglas Martin, 20 anos), sempre estive envolvido com jogos, aquela famosa história de criança, ganhei um Polistation quando tinha uns 5 anos, fiquei com ele até os meus 8, quando ganhei um Mega Drive, e joguei os mais diversos jogos desses consoles, após, veio o Playstation 2. Sim, o meu atraso cultural era de uns 15 anos, mas pessoalmente acho que isso foi bem importante pra mim, porque para as crianças, não importa a época que o jogo foi lançado, ou se os gráficos estão atualizados, enfim...

A Unbelievable é composta basicamente, por mim e meu irmão mais novo - Matheus, de 17 anos -, Nós dividimos as tarefas da empresa e do jogo que estamos produzindo, Internum.


Desde quando eu jogava Sonic, ou FF XII, eu pensava como era criar aquilo, colocar um personagem muito MANEIRO pra falar e agir de tantas formas, até descobrir que eu também podia fazer aquilo. A partir do fatídico momento eu comecei a desejar isso pra mim, e em 2013 eu comecei a ter a ideia de um jogo, na qual hoje é o meu maior desejo, mas felizmente eu caí na realidade, ví que não era daquele jeito que a coisa funcionava. Já de cara eu criei um AAA(jogos das grandes empresas), criei quase um modo Zombies do CoD WW2, mas enfim, foi aquilo.

No mesmo ano eu decidi criar um jogo para um trabalho escolar, sozinho, porque além de não conhecer ninguém na sala de aula no 2° trimestre, não tinha ninguém que sabia de jogos ou era um Gamemaniaco, então decidi correr o risco. Meu resultado foi um 10, e pra mim, meu jogo merecia um grande 0, não o que tinha por trás dele, mas porque era um jogo pequeno, algo que qualquer um poderia criar. Era um jogo onde o personagem principal recolhia lixos espalhados pelo cenário, com o intuito de conscientizar sobre o meio ambiente.

Já meu irmão? Ele entrou nisso por causa de mim. Ele também sempre gostou de Games, e quando descobriu que podia fazer jogos, se empolgou tanto quanto eu, até que tivemos a ideia de criar Internum, aí meu caro leitor, foi a prova de fogo.


Todo projeto que começávamos era muito grandioso para 2 pessoas, simplesmente não tinha como, então sempre desistíamos 1 ou 2 semanas depois, até que conversamos sobre a qualidade e a história que queríamos colocar na tela, então tivemos a ideia de Internum, uma base que está sendo seguida até agora, 8 meses depois, de muito esforço e dedicação por esse projeto. Logo depois veio a ideia do nome "Unbelievable", que cairia muito bem para o que queríamos e queremos explorar.

Espero que tenha gostado do resumão gâmico da minha vida e de como tudo começou, também espero que acompanhe o nosso "Diário de Desenvolvimento", e que compartilhe a notícia, até mais!

7 visualizações

©2020 por Unbelievable Gameworks. Todos os direitos reservados.